terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Feliz aniversário.

Dia 03/01 foi o aniversário de minha querida amiga Nívea - Uívia para Luísa - e eu não pude escrever no blog. Nos falamos por telefone, claro, mas eu desejo tantas realizações, felicidades e amor que tenho dificuldade em expressar. Talvez mais, pois quem sabe você tenha algum sonho escondido que não caiba em um pedido tão genérico. Diante disso, na vã tentativa de ser completa, eu digo que desejo paz, além de tudo que você merece, Nívea. E, minha amiga, você merece tanto, tanto.

Posso dizer que você é sempre uma amiga presente, morando do lado ou um pouco mais distante, quando está de folga em outra cidade ou mesmo quando ficou um tempo muito longe. Eu sempre senti muito a sua falta em cada momento em que ficou longe, mas você sempre soube suprir cada espaço.

O que sei, Nivinha, é que mesmo que você faça parecer natural, isso ocorre pela sua enorme doação, sempre, como eu vi em poucas pessoas. Então, alguém que se doa tanto aos amigos, familiares, ao seu escolhido, só pode receber muitos presentes.

É o que desejo, que você receba tudo que precisa para sua felicidade, certa de que você será sempre muito feliz, sim, pois é o mínimo de reconhecimento que a vida deve a você, por tudo. Você sabe o quanto é importante na minha vida, de minha família.
Obrigada.
Parabéns.

4 comentários:

Anônimo disse...

???????????????????????????????????????

vc lembrou?

Kaline disse...

É tão bom ter uma pessoa para dividir os momentos de alegrias e aqueles dias que a gente ta meio pra baixo ela te dar o ombro pra vc chorar! Belo reconhecimento de amizade! Bjs

Nivea disse...

Ô Alê, fico lisonjeada com suas palavras. Sonhei com Dudu essa noite, um sonho bom, ele estava feliz, depois te conto e entrei aqui pra ver se tinha alguma história nova dele e me deparo com esse post. Só tenho a agradecer e desejo o mesmo em dobro pra vc.
Volta logo! rs

Cacau disse...

Alê,eu não te conheço,mas li sua história num blog de Brasília e vim te conhecer.Vim pelo seu jeito de escrever e dividir história de vida como ela costuma ser: com alegrias e tristezas.Tenho 3 filhos.Não conheço o autismo de perto, mas gostaria de entrar nesse blog com uma proposta de amizade e compartilhamento.Até qualquer dia, Cacau.

Real Time Web Analytics